quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Dois poemas de e. e. cummings


à atemporalidade e ao tempo igual,
o amor não tem início nem final:
se nada andar nadar nem respirar
o amor serão o vento a terra e o mar

(amantes sofrem? cada divindade
lhes veste a pele com mortal vaidade:
amantes são felizes? seu querer
cria universos ao menor prazer)

amor é a voz por trás do que se cala,
esperança que o medo não cancela:
força tão forte que nem força abala:
verdade antes do sol e além da estrela

– amantes amam? ora, o tolo e o esperto
que preguem céu e inferno, tudo certo


being to timelessness as it’s to time,
love did no more begin than love will end:
where nothing is to breathe to stroll to swim
love is the air the ocean and the land

(do lovers suffer? all divinities
proudly descending put on deathful flesh:
are lovers glad? only their smallest joy’s
a universe emerging from a wish)

love is the voice under all silences,
the hope which has no opposite in fear:
the strength so strong mere force is feebleness:
the truth more first than sun more last than star

– do lovers love? why then to heaven with hell.
whatever sages say and fools, all’s well


amo você (mais linda namorada)
como a ninguém na terra inteira e eu
amo-a bem mais que tudo que há no céu

– há luz solar e canto à sua chegada

embora o inverno espalhe em toda parte
tanto silêncio e tanta escuridão
que ninguém mais percebe outra estação

grassar na vida (minha vida à parte) –

e se o que se diz mundo por favor
ou sorte ouvisse o canto (ou visse que
a luz do meio-dia se avizinha
quão mais feliz o coração caminha

a perto de mais perto de você
creria (namorada) só no amor


i love you much (most beautiful darling)
more than anyone on the earth and i
like you better than everything in the sky

– sunlight and singing welcome your coming

although winter may be everywhere
with such a silence and such a darkness
noone can quite begin to guess

(except my life) the true time of year –

and if what calls itself a world should have
the luck to hear such singing (or glimpse such
sunlight as will leap higher than high
through gayer than gayest someone’s heart at your each

nearness) everyone certainly would (my
most beautiful darling) believe in nothing but love


Tradução de Gil Pinheiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário